PEIXINHO

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

O NATAL DA MINHA INFANCIA



 Vivida na fazenda
Tudo ali era singelo
Não tinha maldade
Só reinava a bondade...

A noite chegava
Era aquela alegria
O sapatinho se colocava
E com  ansiedade esperava...

Natal era um sonho encantado
Sapato novo vestido engomado
Tudo cheirava alegria
Era pura magia...

E quando a noite chegava
Olhávamos para o céu
Queríamos avistar
O bom Papai Noel...

A casa se enchia de luzes
Os amigos iam chegando
Era tudo tão lindo
Crianças brincando e sorrindo...

Ao deitar fazia orações
Pedindo ao Menino Jesus
Que nos guiassem unidas
Cobrindo-nos de luz...

Lembro-me até hoje do meu primeiro presente
Era uma bonequinha de pano
Daquela bem simplesinha
Mas foi meu melhor presente...

E assim é um dos meus Natais
O que lembro e nunca esqueço
Hoje recordo feliz
Momentos assim nunca mais...

No presépio o menino Jesus
 Dormia  sereno na manjedoura
A sala ficava festiva
Uma paz acolhedora...

Irá Rodrigues-13/12/2013

 proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão.
A proteção anticópia é ativada.