PEIXINHO

segunda-feira, 8 de julho de 2013

NAMORAR


Namorar

Uma doença gigante
Dá em muita gente
E chamamos de amor
Às vezes fica pior
Ai se chama paixão
Começa na alma entra levinho
Invade o corpo se espalha
Pensamento e coração
Namorar é assim
Conhece-se alguém
Com aquele jeito inocente
Olha-se de longe
Como se não quisesse olhar
Fica sem jeito
Vai se chegando
Forma-se um só coração com coração
Ninguém sabe explicar nem o coração entende
Essa forma de amar
O bichinho que entra na gente
Desrespeita regras
Cria linguagens
Fere como navalha machuca
Ou acalma como o sopro suave
De uma brisa marinha
Deixa-te flutuante confia
Vive a fábula da liberdade
Liberta-se do mundo real
Se junta num beijo
Nem liga se o mundo acabar
Isso é namorar...

DE Irá Rodrigues - 08/07/2013

http://poemasdemulher.blogspot.com.br/