PEIXINHO

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

MOMENTOS DE PRAZER



A boca úmida de desejos
Maliciosamente toca a pele
Em murmúrio de paixão
Descompassa o coração...

Hálito quente
Queimando a nuca
Acelera- taquicardia
É loucura arrepia...

Ah!
Esse cheiro selvagem
Desperta sonhos adormecidos
Loucos largados
Jamais imaginados...

Só um toque
Faz vibrar
No calor ou no frio
Desejos de amar...

Momentos de prazer
Só quem ama
Sabe dar...