PEIXINHO

sábado, 16 de novembro de 2013

EU SÓ QUERIA...




Arrancar a dor
Que no peito entalha
Sem medo se instala...
Sem saída sem verdade
Sem sentido
No mundo perdido...
Resgatar a calma
Que se fugiu
 Do meu ser
Escapuliu...
Onde parou
O meu sorriso
Que ilumina o dia
Faz surgir a poesia
Faz-se lua
No mar flutua