PEIXINHO

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

AMO-TE










Amo-te tanto, tanto.
Que nem tenho explicação
Se for brincadeira deixa ser
Amar é bom pra alma aquece o coração...

Continua amor dilacera-me
Deixa-me em desejos constantes
Desejos de amar
Desejos de mar...

Nas delicias das águas me entregar
Fazer amor na beira do mar
Das ondas o encanto com leitos de areia
Extrai de te meu amor
Loucuras de sereia...

Invadir os refúgios do mar
No fundo te abrigar
Amar, e amar, e amar.
No romper da madrugada
Até o dia raiar...

Nos desejos de mar
Hei de te beijar
Sem mais pensar em parar
Sabor de mar gosta de mel
Com você só relaxar...

Sugar de teus lábios
Gostinho de mar
No toque suave pele salgada
Serei tua- mulher desejada...

No bailar das ondas no encanto da lua
Na pureza da alma a certeza da vida
No desejo do ser deixa acontecer
Delirar por você mostrar-me toda nua.

De Irá Rodrigues
28/12/2012
Código do texto: T4057136
Classificação de conteúdo: moderado