PEIXINHO

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

PAIXÃO





Permite que tua paixão
Sai do íntimo
Não seja a ultima
Mas sim uma explosão...

Por que pensar na paixão
Melhor viver desejando
Morrer se for de prazer
Delirando por você...

Se a voz da amada
Soa ao uivo do vento
Deixa repetir
No embalo do teu sono
Até consegui dormir...

Paixão move a vida
Amar fortalece
Faz a aurora radiante
É dia contagiante...

Se essa paixão é teu delito
Viva declame esse amor
Solte livre ao vento
Não perca mais tempo...

Traz a flor da tua vida
Deixa ornamentar teu coração
Não seja jardineiro relaxado
Espalhe essa paixão...

Paixão vem de mansinho
Toma conta da gente
Ocupa espaço
Funde-se rapidinho...

Enviado por Irá Rodrigues em 13/12/2012
Código do texto: T4033894
Classificação de conteúdo: restrito
Todos os poemas são registrados
Portanto leiam curtam e respeitem os direitos autorais..