PEIXINHO

domingo, 21 de abril de 2013

A TEIA QUE A VIDA TECE







MAR SELVAGEM
De ondas gigantes que rolam
Agitam-se furiosas
Como teias que prendem
Mulheres ansiosas...
Que se rolam enrolam
No destino tece
Feito aranha fatal
Venenosa mulher original...
Que sai nas manhas invernadas
Pisa na areia do mar
Deixa ai sua pegada
Mulher apaixonada...
A vida é uma teia
Onde o tempo terce
Quem se enrola
Jamais desenrola...
Teia da vida
Deixa tecer...
De Irá Rodrigues
Escrito  por Irá Rodrigues em 20/04/2013
Código do texto: T4250603
Classificação de conteúdo: moderado