PEIXINHO

quarta-feira, 3 de abril de 2013

O QUE PREENCHE MEU TEMPO



O que preenche  meu tempo

As poesias esculpidas
Das árvores da vida
Retiradas do murmúrio do vento
Esquecidas ao relento...
O que preenche meu tempo
Essa troca de palavras
Com frases soltas
Esquecidas ao relento...
Em segundos eu tive
Um poema rabiscado
Ri troquei frases
 Errei no fonema
Esqueci tudo fui ao cinema...
Na volta resgatei tudo
Peguei cenas do filme
Arrumei um verso inacabado
E o poema  foi remendado...
E num duplo sentido
Esqueci tudo de vez
Soprei na brisa do mar
Largue-me na areia a sonhar...
Veio ondas rasgou meu silencio
Desatou os nós do poema
Despertei escrevi ali mesmo na areia
Cenas de um filme ou meu dilema...
 Escrita por Irá Rodrigues em 03/04/2013
Código do texto: T4183061
Classificação de conteúdo: moderado...