PEIXINHO

sexta-feira, 19 de abril de 2013

APÓS O JANTAR...




Após o jantar

 Um vinho suave
Sorvido no quarto
Depois do deleite
Anseios sedentos
Despe-se de tudo
De corpo de alma
Após o jantar
Perde-se a calma...
E no auge da excitação
Uma leveza de pernas
Encaixe perfeito
Corpo explorado
Aquele prazer fantástico
Esquece-se o pudor
Relaxa...
Entrega-se com fervor...
Sabor de vinho
No corpo faminto
Exigindo
Implorando
Quero mais e mais
Tudo acontece
Após o jantar...

Escrito por Irá Rodrigues em 19/04/2013
Código do texto: T4248516
Classificação de conteúdo: restrito
poemasdemulher.blogspot.com.br/