PEIXINHO

sexta-feira, 27 de julho de 2012

MAR SEM FIM


Mar sem fim.
Elimine essa distancia
Deixe a fragrância inebriar
Se o mar se agitar
Esqueça os perigos
Salve a menina
Que sozinha no mar
Procura-te.

Ondas se agitam
Traz-te aqui
No céu o clarão
De antes escuro
Canto de aves
Protegem a menina
Que perdida no mar
Busca-te...

Não existe agonia
Ao longe se ouve
O cheirinho de mar
Se exalando no corpo
Da menina perdida
Volta para mim
Quem me busca
Ó mar sem fim.