PEIXINHO

sábado, 28 de julho de 2012

PERMITA


PERMITA

Que o frescor da noite
Penetre em tua pele
Como o orvalho da manha
E tua alma transpire
Por todos os poros
Odores de jasmim...

Admire
A leveza das estrelas
Que dançam para seu prazer
Numa frenética sensualidade
Leva-te ao delírio...

Liberte
Os terremotos do coração
Deixe o furacão da alma
Fluir transbordar
Solte esse desejo
Preso a te sufocar...