PEIXINHO

sábado, 28 de julho de 2012

Só desejos


Só desejos

No jardim da vida
Colhi flores solitárias
Respirei seu perfume
Embriaguei-me de paixão
Com as pétalas aveludadas
Fiz a cama deitei-me
A te entreguei-me
Na mais pura sedução...
No meio de tanto furor
Senti sede deliciei-me
Na tua boca afoguei-me
Na cumplicidade do beijo
Na ânsia do nosso desejo.