PEIXINHO

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

BOA NOITE!





No jardim de frente do meu passado,
Colhi braçadas de esperança.
Fui jardineira florista
Colhi sempre vivas, Hortência e rosas.
Esqueci no canteiro do tempo
As mais belas alfazemas
Para perfumar o ar
E deixar a noite toda cheia de amor...
E no vento soprei a mais linda melodia
Foram versos simples em forma de poesia...

Tenham o mais repousante sono com carinhos:
Irá Rodrigues