PEIXINHO

terça-feira, 25 de setembro de 2012

BRINDE



Brinde

Brindei o poeta
Nos versos de uma poesia
Na intimidade das letras
Esbanjei na minha ousadia...

Fiz a combinação perfeita
Criei versos fui além
Desafiei a imaginação
Foram desejos da paixão...

Pensamentos vagando atoa
Na deficiência do meu querer
Busquei a definição perfeita
Dos desejos de ser e ser...

De Irá Rodrigues