PEIXINHO

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Bruxinha faceira







É delicia da noite
É magia é doação
É riso vira canção...

Não importa a dimensão
Sou bruxinha feiticeira
Vou onde o vento me levar
Ou onde quero chegar...

Morcegos voam nas ruas
Corujas gritam e assustam
São monstros gargalhando
São bruxinhas brincando...

Não importa a hora da noite
É Halloween vem brincar
Seja bruxa seja fada
É só saber voar...
De Irá Rodrigues...
01/11/2012