PEIXINHO

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

GRITEI...





Corri na rua
Para deixar
Meus versos
Nas calçadas
No sorriso
Daquele
Que é feliz
Que não tem medo
De pintar a tela
De borrar o mundo
Com as cores da poesia
Que canta meu verso
Seja torto
Seja bem feito
E mesmo assim
Ama esse meu jeito...
Que grita
Que chora
Que deixa a lágrima
Borrar a tela
E transforma tudo
Numa linda aquarela...

DE IRÁ RODRIGUES
22/11/2012