PEIXINHO

terça-feira, 21 de maio de 2013

°•.✿´✫¸.•°*”˜˜” ´✫¸.•°*”˜˜” LEMBRANÇAS





Em qualquer lugar
Chegam às lembranças
Devagarinho invadem
Uma por uma
Volto a ser criança...
O som das gangorras
Armadas na praça
Bagunça gostosa
Sabor de pirraça...
Castelos de areia
Na beira da praia
As ondas que rolam
Sinto-me sereia...
À tarde que cai
Cheirinho de pão
Invadindo a cozinha...
Café quentinho
No fogo de lenha
Crepitam faíscam
Esquenta as noites
Irradia os dias...
Amanhece
Cheiro de mato
Na beira do riacho
Que corre mansinho
Descendo o penhasco...
E haja recordações
A casa da vovó
Os dengos recebidos
As peraltices de menina
Jogar bola no meio da chuva
Subir em árvore
Pegar frutinhas
Deitar cansada
Na grama molhada
Olhar o céu
Ver o sol rindo
Entre nuvens pesadas
Sentir uma lagrima rolar
Em qualquer lugar
Lembranças vão ficar...

Escrito por Irá Rodrigues em 20/05/2013
Código do texto: T4300083
Classificação de conteúdo: seguro