PEIXINHO

quinta-feira, 2 de maio de 2013

RECORDAÇÕES...







Sou poeta da vida
Que busca viver a vida
Sou poeta do céu a te encantar
Contemplo as estrelas
No brilho do teu olhar...

Sou poeta do sol
Canto os raios nas aguas do mar
Que vem aquece minha alma
E meu corpo bronzear...


Sou poeta da lua
Na escuridão da noite
Fazer um cenário ao luar
Pra quem quer se amar...
Sou poeta da solidão
Sozinha pensa e repensa
Olho o vazio no mar
Vagueio nas ondas a te procurar...

Sou poeta das montanhas
Vejo a águia solitária
Sonho poder voar
Liberto-me penso em te encontrar...

 Sou poeta dos cantos
Canto a brisa te encanto
Canto o vento faço melodia
Canto a paixão faço poesia...

Sou a simples recordação...


Escrito por Irá Rodrigues em 02/05/2013
Código do texto: T4270194
Classificação de conteúdo: seguro