PEIXINHO

sábado, 6 de julho de 2013

NUNCA VOU ENTENDER...





Tudo se perde confunde
Minha alma padece
Meu coração chora se cala
É silencio que fala...

Meu sentimento grita
A voz treme sem nada entender
Um amor que morre
Bem antes de nascer...

Mais uma vez o choro vem
Alaga meu ser sem nada entender
Essa tristeza sem fim
Que chega se aloja em mim...

É tanta desilusão
Que machuca meu coração
Um gosto amargo
Dessa maldita ilusão...