PEIXINHO

sexta-feira, 19 de julho de 2013

TRISTEZA




Abate num momento
Vem de repente desaba
Fere-te de jeito
Dói machuca
Chega assim sem avisar
Desaba como a chuva
Encharca-te
Fere a alma
A vida é assim
Num momento sorri
No outro te deixa chorar
Vem te abriga
É alimento da alma
Outra te deixa sem chão
Hoje eu choro
Busco a razão
Não vejo solução
A minha alma guerreira
Aos poucos perde o tesão
É pranto na alma
Uma palavra só basta
Para te deixar assim
Agradecer aos amigos
Um adeus
Uma saudade...