PEIXINHO

segunda-feira, 1 de julho de 2013

O BEIJA FLOR E A ABELHA



Certo dia voltando da escola o beija flor pousa na mais linda flor que ver do alto do seu voo.
Mas ao tocar seu bico comprido na flor  solta um grito:
--Ai, ai, aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii quem tá ai dentro que me deu essa horrível ferroada?
E sai da flor uma abelha com cara de poucos amigos, empina suas antenas e diz:
-- Sou eu sim senhor beija flor intrometido de uma figa, aqui nunca foi seu espaço então trate de sumir antes que leve outra ferroada...
--Você não pode ser dona de toda essa floresta de todos os campos de todas as flores, gritou esfregando a cabeça num galho seco para aliviar a dor da ferroada...
--Sou sim e posso provar: quem alimenta as colmeias, quem fornece o melhor mel da região, quem poloniza as florestas? Por acaso é você seu intrometido?
--Oras! Eu também colaboro com a natureza e também tenho as cores mais exuberantes que encanta o mundo, meu voo suave se exibiu o beija flor sacudindo suas asas azuladas... Acrescenta e você sua minúscula... Eu sou bem maior....
--RÁ, RÁ, RÁ... Grande coisa, ninguém se alimenta dos seus encantos de mim sim tenho serventia na vida, sou pequena no tamanho e grande no meu valor diz a abelha fazendo zum, zum, zummmmmmmmmm...
---Eu posso voar mais alto e mais rápido, posso até levar você onde desejar assim não se cansa...
Desdenhando do beija flor a abelha começou a zumbi a sua volta deixando irritado...
--A deus é tarde preciso chegar em casa antes do escurecer, um dia ainda vamos nos encontrar disse o beija flor alçando o mais suave voo, enquanto a abelha voltava a sugar o néctar das flores para alimentar sua colmeia...

Moral da história: nunca subestime o valor do próximo, cada um traz dentro de si as suas qualidades...