PEIXINHO

quinta-feira, 6 de junho de 2013

É ASSIM...







O amor não tem estações
Um amor de criança
Inicia-se na primavera
Tenro como flor do campo
Aquele amor de quimera...

O verão é amor de paixão
Vem dos prazeres
Dos desejos intensos
Fica sensual, divina sedução...

Amor de outono
Aquele que brota no coração
Assim como flores
Caídas ao chão...

Mas nem assim
Perdem sua beleza
Amor depois dos quarenta...
Ai desperta o inverno
Aquele amor calminho
Onde um precisa do outro
Acolhem-se com carinho...

Feito passarinho no ninho...

De Irá Rodrigues
06/06/2013