PEIXINHO

sexta-feira, 21 de junho de 2013

SEM PERCEBER...






Descrevo-te em cada frase
Nos meus gestos mais simples
Nos meus anseios secretos
Nos meus passos incertos...

Sem você perco a inspiração
Escrevo sem rima me perco
Traço linhas sem sentido
Faço refaço
Nunca me acho...
Perco-me na solidão
Nos embalos do vento
Esqueço a razão
Machuco meu coração...
Sem perceber
Volto a te descrever
Esqueço meu tema
Deslizo no poema...
Sem perceber
Você é o meu ideal
O traçado do meu poema
A razão da minha canção
O fruto da minha paixão...

Irá Rodrigues -21/06/2013
http://poemasdemulher.blogspot.com.br/