PEIXINHO

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

DISTANCIA

Distância

Ao longe sabe a saudade,
o amor chega sem ser esperado,
das terras do fim-do-mundo,
d’onde surgiu a paixão,
que invadiu o corpo inteiro

Em terras de negro e mar
que sabe a sal e a café.
Como dona do mar fosse,
traz toda a vida no olhar
mil emoções de encantar

De quem de longe nos segue
e sonha o rosto acariciar.
Só sonho, sem nuca ousar,
viver delírios, te amar.
Culpa? Todo este mar.