PEIXINHO

sábado, 25 de agosto de 2012

SILENCIO


Silencio
 Escrevi o silencio da madrugada
 Trazido da alma e do coração
 Nem soletrei teu nome
 Gravei ali mesmo no chão...

 Joguei meu verso ao vento
 Recolhi do mar e dancei
 Deitei nas areias quentes
 Fiz pedidos ao luar
 Em versos rasgados de mar...

Nas espumas brancas do mar
Vi meus anseios delirar
Coloquei entre as estrelas
Meu desejo de te amar
No silencio mais profundo
Mergulhei em alto mar...