PEIXINHO

sábado, 4 de agosto de 2012

VAZIO DA NOITE


Vazio da noite

Quietude da alma
Invade meu mundo
Nesse desejo intenso
Leva-me ao delírio profundo...

Despe-me de emoções
Ascende essa fogueira
Adormecida em mim
Transforma-me...

Entre encantos e desejos
Possua-me sem pudor
Viaja comigo no vento
Ou nas ondas furiosas
Que na noite é faceira
Feito mulher feiticeira...

Baila comigo até a madrugada
Acolhe-me em teus braços
Dilacera minha alma
Num ritmo sensual
Alma largada
Corpos suados...

Amar-te sem pressa
Aqui perto do mar
No clarão da lua
No silencio do ar
Na areia toda nua...