PEIXINHO

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Silencio da alma


Silencio da alma

Perdi-me no vento
No vazio profundo
Vivi o silencio
Do meu eu adormecido...
Sem eco
Sem paz
Da alma silenciosa
Da alma silenciosa
Desbravei as linhas descritas
A espera do nada
A mente se cala
No silencio da alma...