PEIXINHO

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

AMOR DE TARTARUGA




Belina uma tartaruga metida a besta vivia debochando de todos os outros  que viviam na sua região um quintal arborizado onde vivia com seus irmão amigos e seus pais. Só tinha uma diferença a Belina sempre foi metida e se achava a mais linda e poderosa entre todos ali.
Certo dia chega ao cercado um macho todo empolgado e logo Belina metida fica interessada pelo garboso visitante e querendo puxar conversa perguntou:
-- o que você traz ai nessa mala?
O garboso moço  com ar sisudo vira-se para Belina:
-- Para que quer saber? Se nem ao menos sei quem é você.
Belina furiosa virou-se e foi se aquietar num canto onde o moço garboso estava encostado.
--Balançando a cabeça cascuda ela diz: se não que mostrar com certeza é estrume de vaca que pegou do curral...
--Vá se danar não te devo satisfação sua metida a besta, fedida e nojenta. Você só sabe debochar dos outros sempre me tratou mal que interesse é esse agora?...
Ao falar assim Belina empinou a cabeça de curiosidade e se mostrando dócil deu uma bela corrida  parando ao lado do moço garboso...
--Soltando uma bela gargalhada o moço se afasta dela e dando uma cambalhota diz desdenhando:
-- você quando jovem esnobou de todos a sua volta agora que está velha cascuda e rejeitada fica querendo agarrar um idiota, comigo não sua metida eu tenho minha companheira e você que fique ai abandonada sem ninguém para te esquentar no inverno...
Furiosa a Belina tenta outra investida e fingindo grita: Ai, ai, ai, acho que machuquei minha perninha...
E quando o moço se aproximou para ajudar Belina se agarrou a ele e tacou-lhe o maior beijo na boca deixando-o tonto e sem folego...
Ali nascia o mais doce caso de amor entre duas tartarugas uma metida e o outro humilde e garboso.

Moral da história- hoje aprendi uma grande lição:
Melhor tentar entender a vida do outro que criticar e se arrepender...