PEIXINHO

sábado, 6 de outubro de 2012

UM DIA VOU...





...ter a audácia de ser poeta.
Curtir os prazeres cantar vitorias
Trocar frases com gestos suaves
Escandalizar fazer versos sensuais...

 Ter a coragem ser eu mesma
Sair das sombras andar sozinha
Esquecer sentimentos contidos
Voar bem alto nos desejos adormecidos...

Um dia vou...
Estar pronta para decolar
Exigir da vida a liberdade
Espalhar loucuras fazer poesia
Sobrepor os lamentos viver a magia...

E na alma ser a leveza de uma harpa
Que no som acalenta, acalma.
Ter a ousadia numa entrega pacifica
Exercitar meu ser viver sem crítica...