PEIXINHO

sábado, 6 de outubro de 2012

PESADELO





Comprei passagem no tempo
Na bagagem levei meus versos
No voo rasante de um balão
Vivi momentos sem explicação...

Fui a melancolia reprimida
Desse amor insano
No passado ejetei o vazio
Adormeci no pesadelo da vida...

Na transcendência sem reverso
No clarão perto da lua
Arranquei suspiros do sol
Fui profana fui sua...