PEIXINHO

terça-feira, 30 de outubro de 2012

VOO DE SEDUÇAO




Despertei no vazio da manha
Uma atrevida brisa me assoprou
Balançou meus cabelos
E meio suave em meu ouvido sussurrou...

Espreguiçando na minha vaidade
Revestir-me de asas esvoaçantes
Voei no mais louco pensamento
Fui à certeza do momento...

Entre vales e montanhas
Entre rios e correntezas
Larguei-me naquele azul transparente
Fui mulher com desejo ardente...

E num acelerado bater do coração
Encontrei um olhar repleto de paixão
Na leveza das minhas asas
Voei em tua direção...

Encontrei-te nos versos de amar
No navegar da minha imaginação
Fui desejos fui delírios
Voei além da sedução...